Seguidores

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Bitcoin supera o número de investidores da Bolsa de Valores e registra 1,4 milhão de cadastros

Bitcoin supera o número de investidores da Bolsa de Valores e registra 1,4 milhão de cadastros

Que o gosto do brasileiro pelo bitcoin (COIN:BTCUSD) está crescendo cada vez mais, todos sabem. Agora, o que as pessoas estão descobrindo, é que o número de investidores de bitcoin no Brasil, está maior do que o número total de pessoas físicas cadastradas na B3 (Bolsa de Valores paulistana). O grupo de investidores em criptomoedas também está ultrapassando a soma total de investidores ativos no Tesouro Direto — uma das aplicações mais populares do país, com recordes recentes de adesão.
Durante o mês de dezembro, as três maiores casas de câmbio de bitcoin brasileiras — empresas que fornecem acesso a cerca de 95% de todas as transações com a criptomoeda — registraram 1,4 milhão de cadastros.
O número representa mais que o dobro das 619 mil pessoas físicas cadastradas na B3 até o final de 2017, e também os 558 mil investidores de títulos públicos (como o Tesouro Direto) em novembro.
De acordo com o G1, site responsável pela reportagem, é possível que haja CPFs duplicados tanto na bolsa, quando nas exchanges de bitcoins; já que os dados não excluem investidores cadastrados em mais de um lugar.
Com o aumento de clientes negociando bitcoins, o faturamento das empresas explodiu. A receita da Bitcoin To You, por exemplo, cresceu 50x (R$ 1,5 milhão por mês).

Efeito colateral

O efeito colateral da alta procura pela criptomoeda foi a explosão no número de reclamações contra as empresas que fazem transações com bitcoins. As queixas contra cinco destas empresas (Mercado Bitcoin, Zirc Investimentos, Foxbit, Neteller e Coinbr) dispararam mais de 700% no site Reclame Aqui durante o segundo semestre do ano passado, contra os seis meses anteriores: passaram de 804 queixas para 6.490.
A maior parte das reclamações refere-se à demora na entrega dos serviços, seguida de problemas no estorno de valores e finalização da compra, além de atraso na aprovação dos pagamentos.
O auditor fiscal Davidson Lessa, de 40 anos, sofreu com a demora no reconhecimento de seu depósito em uma exchange, em meados de dezembro. “Contatei o suporte por e-mail e não obtive retorno imediato. Utilizei então o canal de comunicação no Facebook e o problema foi solucionado”, conta.
Lessa decidiu investir na moeda após saber que seus amigos obtiveram bons lucros no ano passado. “Eu vinha acompanhando a evolução dos investimentos em criptomoedas desde o início de 2017, mas estava um pouco cético em aplicar meu dinheiro neste tipo de investimento”, diz.
 Rodrigo Batista, da Mercado Bitcoin, admite que sua empresa enfrentou problemas de atendimento por causa da explosão de cadastros no sistema.
“O cliente recorria ao suporte e não conseguia atendimento e adequado. O cliente antigo, que estava acostumado a ser ouvido, não estava recebendo atendimento, assim como os clientes novos. “
Segundo ele, a situação está se normalizando. ” número de reclamações não está zerado, mas deve chegar a isso ao longo desse mês.”
Fonte: G1 
Jornal ADVFN

Dell está vendendo joias feitas com ouro de computadores reciclados

Dell está vendendo joias feitas com ouro de computadores reciclados

Dell está vendendo joias feitas com ouro de computadores reciclados

Os dispositivos eletrônicos possuem pequenas quantidades de metais preciosos, como ouro, prata e platina, e quando um aparelho deixa de ser usado, muitos desses metais acabam indo para o lixo.

Para resolver essa questão, a Dell apresentou um programa de reciclagem diferente. Conforme relata o Übergizmo, a empresa está vendendo joias feitas a partir do ouro de computadores reciclados, mas especificamente, da placa-mãe dos PCs.

Fonte: Olhar Digital

Rio Tinto anuncia abertura de novo escritório na Mongólia

Rio Tinto anuncia abertura de novo escritório na Mongólia


A mineradora global Rio Tinto abrirá um novo escritório na capital da Mongólia, separado de seu gigante projeto Oyu Tolgoi, para se concentrar na exploração e nos laços locais, fortalecendo seu compromisso com um país que é promessa na produção de cobre.
A proximidade da Mongólia com a vizinha China, maior consumidor de cobre do mundo, atraiu o interesse internacional, em meio à perspectiva de que veículos elétricos e energias renováveis aumentem o consumo de uma commodity que já possui múltiplos usos.    Mas alguns investidores estão nervosos sobre a imprevisibilidade da jovem democracia da Mongólia, e a Rio Tinto, que está operando um projeto de expansão na mina de cobre Oyu Tolgoi, teve negociações difíceis com o governo mongol no passado.
O novo escritório, que chegará a 80 funcionários no decorrer deste ano, apoiará o programa de exploração da empresa, além de se concentrar na construção de relacionamentos, informou a mineradora em comunicado nesta segunda-feira. ”Estamos demonstrando o aprofundamento do nosso compromisso com a Mongólia por meio do estabelecimento de um novo escritório no país”, disse o presidente-executivo da Rio Tinto, Jean-Sebastien Jacques. “A Mongólia é um dos mais importantes mercados estratégicos da Rio Rinto e estamos aqui para ficar”, adicionou.
Fonte: Reuters

   

Nasa detecta asteroide potencialmente perigoso vindo para a Terra

Nasa detecta asteroide potencialmente perigoso vindo para a Terra


A Nasa, agência espacial norte-americana, detectou um asteroide chamado 2002 AJ129 que vem em direção à Terra a uma velocidade de 107 mil quilômetros por hora. O astro é considerado potencialmente perigoso pela agência, o que indica que ele deve passar a menos de 7,5 milhões de quilômetros de distância do planeta. A estimativa é que ele passe por nós a 4,2 milhões de quilômetros, assim sendo, sem causar danos. O asteroide tem 1,12 quilômetro de largura e o ponto mais próximo da Terra em seu trajeto será em 4 de fevereiro deste ano.
Pesquisadores consultados pelo Daily Mail disseram que um asteroide como esse poderia causar uma espécie de “pequena era do gelo” se colidisse com a Terra. A queda de temperatura seria de até 8 graus Celsius por um período breve.
Fonte: Exame

Minério de ferro na maquiagem? Conheça os itens do dia a dia que contêm o produto!

Minério de ferro na maquiagem? Conheça os itens do dia a dia que contêm o produto!


Os minérios fazem parte do nosso dia a dia, sendo fundamentais para a existência de produtos como celulares e automóveis. Aliás, você sabia que há minério de ferro nos itens abaixo?

Maquiagem mineral

Produtos de beleza contêm minerais. Ao contrário da maquiagem tradicional – que utiliza ativos químicos -, os cosméticos minerais são produzidos a partir de substâncias extraídas do solo, entre elas dióxido de titânio, óxido de zinco, mica, óxido de ferro e cloreto de bismuto, que são moídos e transformados em pó. Contêm propriedades calmantes e anti-inflamatórias.

Próteses

Práticas médicas, tais como próteses de articulação, marca-passos, cirurgias de pequeno ou grande porte: todos exigem equipamentos que contêm uma grande variedade de minerais. As próteses, em geral, são feitas de aço ou de titânio e também de material metálico parecido com o titânio. Suas superfícies de contato também podem ser constituídas de metal.

Estradas

As estradas, ferrovias e caminhos de concreto também são construídas com minerais. No caso das estradas e caminhos de concreto, as substâncias minerais estão presentes no asfalto. Já as ferrovias são feitas de minério de ferro, elemento fundamental na construção dos trilhos.
Fonte: Vale

Cinco bilionários brasileiros concentram renda de metade da população mais pobre do País 

Cinco bilionários brasileiros concentram renda de metade da população mais pobre do País

Jorge Paulo Lemann: Lemann é o 22º mais rico do mundo, com fortuna de US$ 29,2 bilhões© Felipe Rau/Estadão Lemann é o 22º mais rico do mundo, com fortuna de US$ 29,2 bilhões
Cinco bilionários brasileiros concentram o equivalente à metade da população mais pobre do País. Os dados fazem parte do relatório "Recompensem o trabalho, não a riqueza", da organização não governamental (ONG) britânica Oxfam, divulgado nesta segunda-feira. A entidade participa do Fórum Econômico Mundial, que começa amanhã em Davos, na Suíça.
A lista é liderada por Jorge Paulo Lemann, 77 anos, sócio do fundo 3G Capital, seguido por Joseph Safra, de 78 anos, do Banco Safra. O terceiro e quarto lugares também são da 3G Capital: Marcel Herrmann Telles, 67 anos, e Carlos Alberto Sicupira, 69 anos. Já em quinto lugar está Eduardo Saverin, do Facebook.
O Brasil ganhou 12 bilionários em 2017, passando de 31 para 43. “Isso significa que há mais pessoas concentrando riqueza. A gente não encontrou ainda um caminho para enfrentar essa desigualdade”, disse Katia Maia, diretora executiva da Oxfam Brasil.
O patrimônio dos bilionários brasileiros alcançou R$ 549 bilhões no ano passado, um crescimento de 13% em relação a 2016. Por outro lado, os 50% mais pobres tiveram a sua fatia na renda nacional reduzida de 2,7% para 2%. Um brasileiro que ganha um salário mínimo precisaria trabalhar 19 anos para ganhar o mesmo que recebe em um mês uma pessoa enquadrada entre o 0,1% mais rico.
“O Brasil chegou a ter 75 bilionários, depois caiu, muito por causa da inflação, e depois, nos últimos três anos, a gente viu uma retomada no aumento do número de bilionários. Esse último aumento – de 12 bilionários – é o segundo maior que já houve na história. E o patrimônio geral também está aumentando”, afirmou Rafael Georges, coordenador de campanhas da entidade.
+ Condição de vida é ruim para 76% da população urbana do País
De toda a riqueza gerada no mundo em 2017, 82% ficaram concentrados nas mãos dos que estão na faixa de 1% mais rica, enquanto a metade mais pobre – o equivalente a 3,7 bilhões de pessoas – não ficou com nada. O documento destaca que houve um aumento histórico no número de bilionários no ano passado: um a mais a cada dois dias. Segundo a Oxfam, esse aumento seria suficiente para acabar sete vezes com a pobreza extrema no planeta. Atualmente há 2.043 bilionários no mundo. A concentração de riqueza também reflete a disparidade de gênero, pois a cada dez bilionários nove são homens.
Geração de emprego
A Oxfam aposta na geração de empregos decentes como mecanismos de diminuição das desigualdades, sendo uma das recomendações da entidade. “O que o relatório aponta é que está acontecendo um movimento contrário, inclusive com vários países regredindo em proteção trabalhista”, disse Georges.
A organização recomenda ainda limitar os lucros de acionistas e altos executivos de empresas, garantindo salário digno a todos os trabalhadores. Indica também a eliminação das diferenças salariais por gênero. No ritmo atual, seriam necessários 217 anos para reduzir as disparidades entre homens e mulheres.
+ 52 milhões de brasileiros vivem abaixo da linha da pobreza
O relatório pede que os ricos paguem uma “cota justa” de impostos e tributos e que sejam aumentados os gastos públicos com educação e saúde. “A Oxfam estima que um imposto global de 1,5% sobre a riqueza dos bilionários poderia cobrir os custos de manter todas as crianças na escola.”
Em referência ao título desta edição do relatório, a Oxfam afirma que atualmente “os níveis de desigualdade extrema excedem em muito o que poderia ser justificado por talento, esforço e disposição de assumir riscos”. Segundo a organização, a maioria das riquezas acumuladas se deve a heranças, monopólios ou relações clientelistas com o governo.
“É um círculo vicioso do qual a gente precisa se livrar. A desigualdade gera desigualdade, quanto mais rico você é, mais dinheiro consegue gerar para você mesmo”, criticou o coordenador de campanhas da Oxfam Brasil.
O documento diz que mantendo o mesmo nível de desigualdade, a economia global precisaria ser 175 vezes maior para permitir que todos passassem a ganhar mais de US$ 5 por dia. “O que seria ambientalmente catastrófico”, afirma a entidade.
Kátia destaca que a entidade participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos, com o objetivo de levar esse debate para a elite econômica mundial. Ela acredita que é possível reduzir a desigualdade por meio de ações de responsabilidade das grandes corporações. “Essa concentração extrema é também acelerada por diferentes setores da sociedade, então está nas nossas mãos fazer o enfrentamento disso e buscar construir um mundo um pouco mais igualitário, onde as pessoas sejam tratadas de forma mais justa”.

Fonte: MSN

FMI revisa para cima previsão de crescimento de Brasil e México em 2018

O Fundo Monetário Internacional (FMI) manteve inalterada sua expectativa de crescimento da América Latina em 2018, a 1,9%, mas elevou bastante sua previsão sobre o desempenho de Brasil e México.
A entidade apontou para uma “recuperação mais firme do Brasil”, onde aumentou a expectativa de crescimento deste ano de 1,5% para 1,9%.
No caso do México, o FMI mencionou que o país vai se beneficiar de uma forte demanda americana e elevou a previsão de 1,9% para 2,3%.

Fonte: Terra.com

Italianos descobrem material mais resistente que o diamante

Um grupo de cientistas italianos liderou uma pesquisa que descobriu um material feito de grafeno, uma das formas cristalinas do carbono, que é mais resistente que o diamante, informam os pesquisadores nesta quinta-feira (4) nos Estados Unidos.  
Segundo o artigo publicado na revista “Nature”, o material, denominado inicialmente de “diamene”, é tão rígido que poderia ser usado para realizar revestimentos a prova de balas.  
O item é constituído por apenas duas folhas de grafeno – cada uma possuindo a espessura de um átomo – sobre um substrato de carbeto de silício, um composto químico formado por silício e carbono. Além da resistência, o diamene é também descrito como leve é flexível igual ao papel alumínio.  

De acordo com a cientista italiana Elisa Riedo, a “transformação” para o material se tornar rígido foi obtida quando aplicada em temperatura ambiente uma grande pressão mecânica, tornando-se “o filme mais fino já feito, com a força de um diamante”.  
A descoberta também mostrou que é possível obter um material que fique entre o estado transitório do grafite para o diamante, que corresponde ao diamene.  
“Grafite e diamantes são feitos inteiramente de carbono , mas seus átomos são organizados de forma diferente, dando propriedades diferentes, como dureza , flexibilidade e condutividade elétrica”, observa o pesquisador Angelo Bongiorno.  
Curiosamente, o efeito de endurecimento só acontece quando duas folhas de grafeno são usadas. O próximo objetivo dos cientistas é tentar estabilizar a fase transitória do material para buscar opções de aplicações do diamene. (ANSA)

Fonte: Terra.com

Futuros do minério de ferro registram alta na bolsa da Dalian

Futuros do minério de ferro registram alta na bolsa da Dalian

Nesta segunda-feira (22), os contratos futuros do minério de ferro, com vencimento em maio, negociados na bolsa chinesa de Dalian, registraram alta de 0,65% — atingindo o valor de 540,5 iuanes por tonelada. A alta representa uma variação diária de 3,5 iuanes por tonelada da commodity.
Já os contratos de vergalhão de aço, com vencimento em maio, a valorização foi de 44 iuanes por tonelada, atingindo ao final da jornada, uma cotação de 3.927 iuanes por tonelada na bolsa de Xangai. 
Os preços estão reagindo às restrições à produção de aço no norte da China durante o inverno, que prejudicou a demanda pelo minério de ferro e consequentemente levou à sequência de baixas no preço. Apesar dos cortes, a produção chinesa de aço atingiu um recorde de 831,7 milhões de toneladas no ano passado — alta de 5,7%, segundo dados do governo.
Os mercados acionários da China ampliaram os ganhos nesta segunda-feira, com o índice de blue-chips chegando à máxima de 31 meses.
*Com informações do site Investing.com

Fonte: ADVFN

domingo, 21 de janeiro de 2018

Morganite

Morganite
Morganite também faz parte da família do berilo e é rosa. O manganês é o elemento que dá a cor rosa à morganita, assim como o ferro que dá sua cor azul-marinho. Para explorar ao máximo a cor da morganita, mais ou menos forte e a cor sutil rosa-malva deve ser de um determinado tamanho.
É notável que a Morganite é uma pedra bastante rara e desconhecidos do público, mas é muito apreciada pelos joalheiros. Nós oferecemos uma enorme variedade de berilo de cor verde limão e também mais ou menos intensa. Nossas pedras nunca são tratadas são sempre de cor natural. A Morganite é uma das pedras anteriormente chamado de semi-preciosas e por isso é usada em jóias para anéis, pulseiras e pingentes.
Os depósitos são encontrados no Afeganistão, Madagascar e Brasil. De nossas viagens, nós trazemos às vezes, Morganites, de acordo com as tendências e o desejo de nossos clientes.
sua dureza na escala de Mohs é de 7,5 -8.



Fonte: DNPM